Razões Para Ler a Bíblia

Três razões para estudar e ler a biblia.

Aprenda como estudar a bíblia

1. Aprender quem é Deus, conhecê-lo melhor e reconhecer sua voz

Como você conhece alguém?

Quando você encontra alguém novo, você absorve sua primeira impressão, ouve o que eles dizem e observa o que eles fazem. Eventualmente, a pessoa real se tornará conhecida.

Passamos por um processo semelhante para conhecer a Deus.

estudar a biblia
como estudar a biblia

Naturalmente, Deus pode se revelar de qualquer maneira imaginável, a qualquer hora e para qualquer pessoa.

Mas se temos a sua Palavra, então ele espera que a leiamos e o conheçamos através dela.

Quando comecei a levar o discipulado a sério, tive um desejo insaciável de ler a Bíblia.

Eu não consegui o suficiente, e ainda não consigo.

Eu achei intelectualmente estimulante e fascinante. Isso ainda é verdade, mas, mais importante, acho que estou mais interessado em saber quem é Deus e ler a biblia.

Jesus disse, logo antes de ser preso: “Agora, esta é a vida eterna: que eles conheçam você, o único Deus verdadeiro, e Jesus Cristo, a quem você enviou” (João 17: 3). E Paul escreveu:

Continuo pedindo que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai glorioso, possa dar-lhe o Espírito de sabedoria e revelação, para que você possa conhecê-lo melhor. (Efésios 1:17, ênfase minha)

2. Para ganhar sabedoria, aprender o que é certo, corrigir pensamentos errados e receber orientação

Antes de continuar eu indico que você conheça esse curso de teologia
É difícil descobrir o que é certo e errado neste mundo, não é?

Entendimentos culturais, visões de outras pessoas e nossos próprios preconceitos tornam muito difícil saber com certeza como lidar com as questões e problemas que a vida nos traz.

Para certas perguntas, o estudo da Bíblia é mais complicado do que se estabelecer em um versículo ou dois e descobrir que você tem sua resposta. Não meus sentimentos; não meus amigos; não a mídia de notícias – a Palavra de Deus.

3. Ver e seguir Jesus

Meu objetivo na vida é seguir bem a Jesus.

Não importa se moramos nos Estados Unidos, na China, no Brasil ou em um campo de refugiados lotado;

se vivemos uma vida confortável e próspera; ou se devemos juntar todas as refeições.

Se seguirmos bem a Jesus, teremos uma vida bem-sucedida.

Jesus conhecia as Escrituras que estavam à sua disposição e seguiu seu Pai sem falhas.

Ele não foi influenciado pela elite judaica de seu tempo, os fariseus; na verdade, ele muitas vezes se opunha a eles. Ele curou e libertou muitas pessoas que vieram a ele, e ele ensinou com autoridade incomparável.

Ele era perfeitamente amoroso, mas não ignorou o pecado, mas tomou sobre si mesmo na cruz.

De fato, João disse nas palavras iniciais de seu Evangelho, falando de Jesus: “No princípio era o Verbo e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.